sexta-feira, 7 de março de 2008

365 dias na França

Um balanço numérico do meu primeiro ano em domínios napoleônicos:

. 100 garrafas de vinho, em casa, em festas ou em bares
. 11 encontros - ocasionais - com a Edith, que tomaram cerca de 670 minutos do meu tempo
. 54 metros de baguete consumidos
. 70 aperôs. 72, talvez
. 1 vez barrado na entrada de uma festa
. 32 cervejas quentes
. 23 tentativas de pechincha no Marché d'Aligre, 3 funcionaram
. 8 croques monsieurs (o misto-quente), comidos com garfo e faca
. 30 m2 de casa
. 500 km de Vélib, 6 deles debaixo de uma puta chuva
. 12 vezes em que a temperatura ficou negativa
. -8ºC um dia
. 96 verificações da meteorologia antes de sair
. 4 pratos de feijão com arroz
. 8 vezes que comprei carne bovina
. 40 euros o quilo do filé mignon
. 47 queijos diferentes provados
. 375 "ben oui" ("é claro") escutados
. 1574 "ça va pas" ("assim não dá") escutados
. 4 meses embromando na língua
. 25 piadinhas ouvidas sobre o fato de a França sempre ganhar do Brasil no futebol
. 25 respostas "sou italiano também", só pra lembrá-los quem venceu a última Copa
. 25 respostas "a propósito, nós temos 5 títulos, e vocês?", para a mesma ocasião
. 1 cabeçada à Zidane, na boca do estômago de um pobre francês
. 3 jogos de rugby assistidos, não suficientes para me fazer compreender o porquê da existência desse esporte
. 3 idas à Ikea, que bastam para toda uma vida
. 7 idas à Torre Eiffel, mas só 1 subida, pois a fila demora 3 horas
. 2 festas como DJ, em barcos no Sena
. 1 maleta brasileiro, que me perturbou durante toda a primeira festa
. 67 atrasos em compromissos
. 50 textos nesse blog
. 1 deles censurado
. 6 meses esperando consertar a pintura da cozinha, estragada por um vazamento d'água
. 6 bombeiros e 3 policiais na minha casa para observar esse vazamento
. 2 meses acordando às 5 da manhã, graças ao despertador musical do vizinho, no último volume
. 6 números como editor da Brazuca
. 15 visitas de amigos
. 3 idas ao túmulo de Jim Morrison, no cemitério Père Lachaise
. 65 camisetas do The Doors vistas no mesmo cemitério
. 4 clones do Jim Morrison também
. 43 voltas para casa fedendo a cigarro dos outros
. 8 bricolagens, mais ou menos bem sucedidas
. 622 trocas de linha no metrô
. 21 "não, eu não sei sambar"
. 21 demonstrações de que não sabia mesmo
. 35 "ça suffit, ça suffit" ("basta, basta") escutados, nas mesmas ocasiões
. 365 dias em que tento, sem sucesso, fazer esse maldito biquinho

17 comentários:

Anônimo disse...

Entao.. tem que corrigir uns numeros ai. Principalmente dos compromisso com chegada atrasada (como meus textos) e das vezes voltando fedendo cigarro (espero nao ter contribuido).
abraços e parabens pelo inclusao no site do le monde/diplo.

Flor do México disse...

Te felicito por todo lo logrado, Dani! Olé!

Você é muito bom escrevendo! Faz um livro, faz!

Adorei seu interlóquio com Madame Edith! Quase vi sua expressão de sofrimento absoluto!
Me senti triste por você comer tão pouco arroz com feijão... chato isso! Você já se tornou vegetariano? Porque a carne a esse preço, meu... não dá não! Se eu estivesse aí, seria uma frutariana... kkkkk Assim sobrava mais para os vinhos e para os queijos!
Ikea é uma espécie de 'El Corte Inglés' ?
Que texto seu foi censurado???
Vou te mandar um despertador que toca samba-enredo pra você se vingar do vizinho, tá?
Beijocas oceânicas!
Saudades
Flor do México

Soracha disse...

se um dia eu aparecer por aí, vc me leva pra ver o túmulo do Jim tbm? heheheheheheheeheheh! sempre ouço que esse é o maior programa de índio na França. ah, a revista tá cada dia mais linda. parabéns! e mto mais números pra vc!

Pequena disse...

Contabilizando...
365 dias me prometendo que ainda vou te visitar
1 tentativa intespestiva e natimorta de realizar esta viagem
35 comentários meus nos seus textos sempre bem escritos
4 desencontros na sua visita ao Brasil
2 encontros curtos demais para matar saudades
1 saudades grande demais para medir em números
1 desejo de que os próximos 365 dias te rendam ainda mais e mais histórias
Beijos para vc e Charlotte,
Bárbara

Daniel Chuis disse...

Manguinha,

Primeiro, pagas o que me deves!!!!

Hahahhaahha!!!

Tenho acompanhado seu blog desde o começo. Demais seus textos. Cada vez melhor!!! Parabéns!!!

Tamos em contato. Sigo nas Canárias, você segue convidado pra vir me visitar, mas só até final de maio, quando volto pra Barcelona.

De lá é mais perto e é certeza que a gente se vê.

Te linkei no meu blog, dá uma olhada depois. monstrengodesign.blogspot.com

Valheu,

Um abraço por trás,

Chuis.

Mani disse...

Adorei seu modo de escrever...um beijo!

Anônimo disse...

Caro Chéri,
lendo fico um pouco saudosista da minha época em Paris. Passa quando eu me lembro o quanto apanhava nos metrôs ou entre as gôndolas dos supermercados.
Bisous,
G.

Anônimo disse...

Olha... Vou ter que dizer... Cheguei ao seu blog através de uma amiga... que me disse que eu ia me identificar com ele... E digo: nem consegui ler tudo de tanta saudade que me deu!!!!!
E esse post, então?! "365 dias na França"... Puxa!!!! Posso dizer que me vi passando por tudo isso também!!! hahaha Ser lembrado quase todos os dias de que a França venceu o Brasil na Copa... da cabeçada do Zidane... de que no Brasil só há carnaval... comer croque monsieur nos cafés em Paris, pagar uma nota por eles e lembrar que vc pode fazer isso com alguns... R$3,00... hahaha E a carne? Viande... Ninguém merece... haha Feijão branco? humm... haha E a pontualidade? TGV sai ás 13:23. É... 13:23 meeeesmo... experimenta atrasar... rsrs... (perdi 04 no total quando estive lá!!)
Bom desculpa ficar falando, falando... mas é que me sinto quase lá lendo seu blog!! haha E me dá saudade! E eu aaamo a França e adoooro falar sobre ela!! hehe
Bom... fico por aqui, feliz com o que li e esperando ler muito mais!! =) Principalemnte quando eu estiver menos sensível, pra sentir menos saudade...
Profitez-toi!!! Et... bon courage!!
Au revoir!
Bisous!!!
Tati (tatihta@hotmail.com)

mami disse...

Puxa Daniel, que saudade!
Já fez um ano hein?
Um beijão da mami.

tresporquatro disse...

Ô cumpadre, muitas felicidades nestes próximos números. Grande abraço.

FabiCatarse!! disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkk!!
(2 meses acordando às cinco da manhã é de lascar, heim?!!!)

Luiz Trezzi disse...

Achei seu blog no outro dia, era sobre o "pão francês"...muito legal. Depois li e imprimi o do velhinho francês, acho que na Place des Voges. Os textos são muito bons, cheios de bom humor, e levam a matar um pouco de saudades de Paris e suas peculiaridades.
Obrigado.

Fábio Allves disse...

Olá,

Sou Fábio da HOTWords,

Gostaria de convidá-la a utilizar a ferramenta HOTWords de Publicidade Contextual. Temos muito interesse de te-lo como parceiro e achamos que seu blog Chéri à Paris tem o perfil e potencial ideal para nossos anunciantes e nossas campanhas.

Com o HotWords editores de sites, blogs e portais passam a contar com uma nova fonte de receita gerada a partir dos textos de matérias e notícias publicadas em seus sites.

Exemplos:

HOTWords Tradicional

http://www.gazetaesportiva.net/ge_noticias/bin/noticia.php?chid=118&nwid=68437
http://www.catho.com.br/dicas/lista.php?qual=13&titt=U2Fs4XJpbw%3D%3D
http://www.gazetamercantil.com.br/integraNoticia.aspx?Param=604%2c0%2c1553459%2cUIOU
http://web.infomoney.com.br/templates/news/view.asp?codigo=956814&path=/investimentos/

http://site.hotwords.com.br/formatos.jsp (Campanhas Especiais em formatos em video e flash.)

(ao passar o mouse sobre a palavra duplo-sublinhada o balão do HOTWords é exibido para o usuário, e você ganha sempre que um usuário clicar nesse anúncio )

Para implementar o HOTWords é simples e não envolve nenhum tipo de custo.

Basta cadastrar-se no http://site.hotwords.com.br/seja_parceiro.jsp?crsource=promo6 e instalar as TAGs ( linhas de código ) nas páginas onde os anúncios deverão aparecer.

A identificação de palavras relevantes onde os anúncios vão aparecer é realizada automaticamente pelo sistema.

Para mais informações acesse nosso site: http://site.hotwords.com.br/partners_faq.jsp e leia nossa FAQ.

No entanto fico à disposição para eventuais dúvidas.

Atenciosamente,
Fábio Allves
------------------------------
fabio@hotwords.com.br

Orlando disse...

Daniel,
Para o caso da discussão que você tem encerrado com a frase "a propósito, nós temos 5 títulos, e vocês?", sugiro reivindicar mais uma vez a condição de cidadão italiano para dizer ""a propósito, nós temos 9 títulos, e vocês?". Ecco!

dELáPRaCá disse...

Parabéns! Vive le diplomatique Le Monde!

Ana Patricia disse...

Puxa, Daniel, que legal!Passei um tempo fora do ar e agora vejo que o Cheri à Paris, tb na sua versão feminina não menos charmosa, está nessa edição do Le Monde Diplo. Parabéms´e sucesso, fiquei muito orgulhosa de vc.Achei a idéia sensasional, porque se percebem as redes que vao sendo contruídas. O espaço criado está conseguindo mostrar o ambiente e atores do espaço, e então e desse passo que surgem os encontros de idéias, debates..Sobre la Tour, sensacional o diálogo. E seria impossível não contar com a frase "Vc não ve a Torre..."Fiquei feliz em perceber que entrei nos grandes números de 2007,pois faço parte da contagem dos 15 que visitaram vcs. Falando em visitas, tenho uma história grande para contar, mas que não será tema daqui, para agora, porém vou não consegui abrir mão de apenas introduzi-la :
cher et ma chérie voyage en Angleterre pour rendre visite a la pauvre étudiante qui vive au Nors de l'Angleterre (Rock, vikings, la grande moyenne classe, les ouvriés, les operaires...)
Ils resteront chez moi et puis aprés on discute la fête à la Cool Britanea.
Beijos














. A crônica de sera baseada na visita que Mon Cher e Ma chéri me vont donnér la honre de me rendre una et cera un grand plaisir offrir et faire l´accueil chez moi..´la.:ufair et ils chez moi

Tati disse...

ÊEEEE! Parabéns! =)