sexta-feira, 30 de setembro de 2011

O estrangeiro

Um dos problemas de já estar há tanto tempo fora do Brasil é que de vez em quando eu me sinto um estrangeiro dentro do meu próprio país.

- Bom dia, posso ajudar?
- Bonjour, madame. Me dá um truc daquele ali, por favor.
- Um pão de queijo?
- Ah, é assim que se chama, tinha esquecido. Como ele é feito?
- Com queijo, oras.
- Sim, mas qual? Comté, gruyère, emmental...
- Sei lá.
- E o polvilho, é orgânico?
- Moço, sei não. Joããão, vem aqui me ajudar. Tem um cliente estranho fazendo umas perguntas mais ainda.

- Bom dia, senhor.
- Bonjour, monsieur. O senhor sabe dizer qual o queijo do pão de queijo?
- Hein?
- O queijo do pão de queijo, qual é?
- É queijo queijado, oras.
- Mas qual queijo? Comté, emmental, Beaufort...
- Pra mim você tá falando grego.
- Não é grego, é francês, muito diferente.
- Pois francês pra mim é grego. E se você continuar me enchendo a situação aqui vai ficar ruça.
- Bom, tá legal, me dá dois.
- Com recheio?
- Qual recheio você tem?
- Hoje só tem manteiga.
- Essa manteiga é manteiga ou é margarina?

- Maria, a manteiga é manteiga?
- Você também pirou, João?
- É esse cliente que já tá me perturbando as ideias. Ele quer saber se a manteiga é manteiga ou margarida.
- Margarina. Eu disse margarina.
- O senhor fica quieto aí no seu canto. Maria, é manteiga ou não?
- É sim, João.

- É manteiga, senhor.
- Quero dois.
- Tá aqui, dois. Mais alguma coisa?
- Um café.
- É pra já.
- Peraí, peraí.
- O que foi agora?
- Não é assim.
- Não é assim o quê?
- Antes de escolher eu preciso saber qual tipo de café harmoniza melhor com esse pão de queijo. É o arábico, o robusto, o...

- Calma, João, calma! Pra que essa violência? Larga o moço.
- Me deixa, Maria. Só quero harmonizar um pouco mais as minhas mãos com o pescoço desse cara. Depois eu solto, eu juro.

5 comentários:

Gabi Goulart Mora disse...

Qdo cê chegá vô marrá ocê na porteira lá em coró té cê prendê a cumê paodequeij dinovo!

Lucian Souza disse...

KKKK
é queijo curado (segundo a minha avó). eu sou mineiro uai kkkkkkkkkkk

Rosa disse...

Olá Daniel! Parabéns pelo blog! Exelente! Texto de fácil acesso, muitíssimo bem escrito e com humor inteligente. Voltarei muitas vezes.

Lo disse...

To sentindo que vc ta ficando chato igual os franceses!! pare com isso e volte ao normal! abaixo à bufada, socorro!

Priscila disse...

Ahahahahaha!Olá!eu sou uma humilde pessoa que não tem dinheiro nem para tirar passaporte mas adora sonhar com a França (é de graça ué)e estou adorando o seu blog!
Mas se vc estivesse aqui na minha terra e pedisse o pão de queijo desse jeito iam logo perguntar que chibiatagem era essa! hehehehehe :P