sexta-feira, 1 de janeiro de 2010

Ao que vai chegar

Todo fim de ano vem aquela mesma questão à cabeça de todos: que resolução tomar para o novo período que se inicia?

Tem aquele que sempre promete perder 15 quilos (ano passado eram 12, ano que vem serão 18), mas não sai do lado do buffet durante a festa de reveillon. Ou o que jura parar de beber, em um anúncio feito de pé em cima de uma cadeira, depois da meia-noite e com um copo cheio de whisky na mão, exatos 17 segundos antes de despencar de lá. E ainda o procrastinador (uau, tô me sentindo demais por ter inserido essa palavra aqui) e seu novo adiamento da decisão de não mais adiar as decisões.

As nossas vidas precisam de ciclos, pra podermos ter novos inícios, novas metas e de certa forma nos desculpabilizar por eventuais asneiras feitas anteriormente. "Não, Maria, não era eu naquela festa de ano novo na televisão com duas mulatas penduradas no pescoço. Quer dizer, era eu, era, mas não sou mais. Aquilo foi no ano passado. À meia-noite eu virei um novo homem. Sim, Maria, mudei completamente, você precisa acreditar em mim. O quê? Não, Marília, eu não te chamei de Maria não. Aliás, não conheço nenhuma Maria. Você tá precisando limpar os ouvidos, Marí...lia."

Eu prefiro não tomar resoluções de ano novo. Gosto de ser um flâneur (segunda palavra difícil do texto. ABL, aí vou eu). O flâneur é aquele cara que caminha pelas cidades vivendo experiências. Ou pela vida. Vai provando um pouco daqui, um pouco dali. Entra num bar e fala em uma língua diferente, vira a esquina e chega em uma nova cidade, pega o ônibus e descobre um novo mundo. Até chegar a hora na qual não sabe mais se é ele quem escolhe os caminhos ou se são os caminhos que o escolheram.

Eu digo tudo isso porque os meus caminhos, iniciados com uma curva que fiz lá atrás, seguida de desvios, atalhos e outras trilhas, trouxeram-me a um ponto mágico da minha existência. Dentro de alguns meses uma nova pessoa vai surgir na minha estrada. No começo, vou tomá-la pela mão e mostrar para ela como andar por ali. Mas depois, e isso é tão inevitável quanto belo, é ela mesma quem vai decidir por onde andar. E vai virar suas próprias esquinas, atravessar suas próprias ruas e construir seus próprios caminhos. Até chegar o dia em que ela vai mostrar tudo isso para uma outra pessoa.

Tá legal, mudei de ideia e tomei uma resolução para 2010: quero ser para o meu filho, ou a minha filha, o melhor pai que eu puder ser.

Para ler escutando: O filho que eu quero ter (com Paulinho da Viola).
Clique no link acima com o botão direito do mouse e, depois, em "abrir em nova aba".

Belle & Chico, os irmãos franco-brasileiros, também falam sobre resoluções de ano novo. Leia em www.bellechico.com.br

30 comentários:

Luma disse...

Que massa! Em breve vou ai visitar feijaozinho. Beijos! Luma

Aline disse...

Carambaaaaa!!! Que ótimo início de 2010! Um ano de muitos desafios! Parabéns! Aline

Pápi disse...

Essa linha é boa. E, considerando, quanto à criança, que "é ela mesma quem vai decidir por onde andar", o avô está na parada para ajudar o(a) pimpolho(a) a tornar-se mais um Tricolor. Apesar da influência Rubro-negra do pai e da avó...

mami disse...

Oi Dani, que lindo! Cadê o lenço?
Fico feliz por ser avó mais uma vez. Acho que é um bom começo de ano. Em maio nos aguarde.
Bjs, Mami

Lu Malheiros disse...

Parabéns! Isso é que é notícia boa!
Abç,

Barbarela disse...

Você será com certeza um ótimo pai com uma visão tão amorosa e sensível!! Parabéns my dear cheri friend!

Mami novamente disse...

Ah! esqueci de dizer que a trilha sonora é maaaaaraaaviiiilhooosaaa!
Mais beijos.
Mami novamente

Anônimo disse...

belo texto e filosofia de vida Dani...é assim mesmo, cada um,em certo momento da vida faz suas escolhas e dobra as esquinas de seus mundos...
Parabéns pelo filho que já tá vindo, boa encomenda para 2010... Feliz Ano Novo!

Luhu disse...

Eita, que maravilha Dani!!! Super parabéns a vocês! Um 2010 abençoado pra você, Charlotte e o seu filhote. Um abração! U-hu!

Shanti disse...

Ah, q meigo!! Parabéns pelo filhote (ou filhota). Que sejam muito felizes! Feliz 2010, 2011, 2012... E assim por diante!
Beijos da leitora fã.

GallÔôÔô disse...

CariellÔôÔô...
Lembro que era criança e chorei quando quando ouvi essa música pela primeira vez. Chorei agora de novo, com o seu texto lindo. Tenho certeza de que vocês vão ser pais maravilhosos!
Saúde e felicidade para o que vai chegar!
Feliz 2010!

Beijos em todos

Anônimo disse...

Li e chorei. Te quero tão bem, Daniel. Torço muito por você. E agora também pelo seu pequeno que está por vir. Experiências bonitas para vocês, querido. Bonitas, intensas e diversas. Que seus caminhos sejam admiráveis e gentis. E hoje, te abraço em tons de azul, bem clarinho. Foi assim que seu texto me chegou, suave e sereno, embalado ao som de Paulinho da Viola. Celebremos, assim, 2010.

Bem-vindo, ano bom! Traga contigo o filhinho do Daniel. Meus melhores desejos aos três.

Carinho grande,
Soraynha Salomão

Gabi Goulart Mora disse...

Alguém pode ser mais querido(a) que filhinho(a) de cheri com cherie?
Tia Gabi tem que inventar novos truques pois o sapinho de papel não vai dar conta do recado com a chegada da nova geração. Dani, acho que o(a) pequeno(a) é que vai pegar vcs pela mão e mostrar um mundo novo. E do jeito Daniel de ser: sem nada muito previsível, só curtindo as curvas sinuosas da vida, agora ainda mais viva! Beijos pros 3.

Jú Fuscaldi Rebouças disse...

Flâneur... Me lembra "A alma encantadora das ruas", de João do Rio. Uma surpresa literária que tive em 2008. Se ainda não tiver lido, vale a pena ler!

E parabéns! Pelo texto, pela trilha sonora e principalmente pelo filho!
Que 2010 aó traga felicidades a você e sua família!

Makoto disse...

Que notícia maravilhosa através de um texto inspirado! Gostoso acompanhar os caminhos de suas idéias. Sei que essa inspiração não terá fim pois em 2009 tive o meu primeiro filho também.
Parabéns Cariello! pelos textos e pela filha! E Feliz 2010!!

Renato Nunes disse...

Cara, parabéns. Ano passado me tornei pai pela segunda vez, é um lance fantástico . Bem vindo ao clube!

Carol Nogueira disse...

Ai, Daney. Que essa aventura seja cada dia mais linda, e que o Juju e o Pepê façam parte dela. Beijos caprichados de feliz ano novo. O feijão de ontem foi em homenagem ao Feijão? Beijo!

Gabi disse...

Poxa, Daniel, que super novidade e que texto lindo ! Parabéns pelos dois.
Oba, temos de marcar um encontro, agora você entrou pro clã dos pais !
Um beijo pro bebê que ta chegando. :-)

Fabi.Catarse!! disse...

Aaaaaaaaaaaaaaaah, parabéns! Parabéns!

Silvestre Gavinha disse...

Eheee!!! Que lindo texto e bela notícia.
Há tanto não vinha aqui.
2009 foi um ano de não decisões, de tentativas, tropeços e fugas. Andei desaparecida até de mim.
Os caminhos que me escolheram foram tortuosos e apertados.
Mas ajudei lindos bebês a chegarem a este mundo.
Um novo bebê é sempre uma nova e boa, maravilhosa notícia. Esses milagresinhos sempre me surpreendem.
Teu texto é uma graça e a música faz, no conjunto até uma pedra se emocionar.
Parabéns a você, a vocês.2010 + 1 motivos de alegria e encantamento.
Marie

Alexandre disse...

ora, ora...
Meus parabéns!
Grande abraço!
Xandão

Natália Vaz disse...

Belo post de início de ano. Aliás, belo início de ano!

;)

eu disse...

Mindu,
que notícia boa! Fiquei muito feliz. Tudo de bom pra vocês três. Curtam esse amor sem tamanho, que dá sentido à vida.
Beijos,
Pesty

Brenda Ligia disse...

SEMPRE GENIAL! E SALVE 2010!

Anônimo disse...

Sou leitora assídua do blog e estou passando para dar os parabéns pelo filho! Fiquei tocada com a notícia. Que vcs sejam muito, muito felizes!
Abs, Laura

Tucacy disse...

Que alegria!! Que modernidade! Fiquei sabendo da boa notícia por meio de um blog. Ê beleza! Parabéns do Coaracy e da Tuca!!

Déia disse...

Dani, lindo texto!!!
Feliz ano novo pra vocês!!!
Muitos beijos,
Déia.

Chiris disse...

uau, daney! que começo de ano bacana, hein? muitas felicidades pros três! beijocas!

Bennet disse...

Lindo texto Dani! E você vai ver que esse sentimento só cresce a cada dia! Espero vê-lo em fevereiro (estarei explodindo!) Beijo pra família Chéri!

vania disse...

Fiquei emocionada! tudo de bom para vocês e para o meu sobrinho neto que vai nascer. grande beijo,
tia vãnia