sexta-feira, 25 de novembro de 2011

C’est pas normal

“Ce n’est pas” e sua abreviação “c’est pas” significam “não é” em português. Ou deveriam significar. Só que nem sempre é assim.

. “C’est pas mal” literalmente quer dizer “não é ruim” e na verdade significa que é bom.
. “C’est pas si mal” literalmente quer dizer “não é tão ruim” e na verdade significa que é muito bom.
. “C’est pas mal du tout” quer dizer “não é nada ruim” e é o maior elogio que você pode receber de um francês.
. “C’est pas cher” literalmente quer dizer “não é caro” e na verdade significa que é bem barato.
 . “C’est pas terrible” literalmente quer dizer “não é terrível” e na verdade significa que é muito terrível.
. “C’est pas un sauvage” quer dizer “não é um selvagem” e é comumente usado para falar de alguém, vejam só, muito bem educado.
. “C’est pas grave” literalmente quer dizer “não é grave” e na verdade significa que você acabou de fazer algo bem grave.

E aí outro dia eu fui conversar com um amigo sobre essas curiosidades.

- Fernando.
- Pois não?
- Já parou pra pensar nessas expressões? E depois os franceses acham que os brasileiros complicam a língua, invertendo o sentido das palavras.
- Os brasileiros é que invertem? Pois sim...

3 comentários:

Papi disse...

Chéri, lembrei da frase "Déia não vai à casa de Dani", querendo dizer que Déia pode estar se mudando para a casa de Dani. Faz todo sentido se pensarmos que, se isso acontecer, a casa de Dani vira a casa de Déia. E aí...

O Maltrapa disse...

Incute-se à semântica da Língua Francesa a intencionalidade da perfeição que, ao fim e ao cabo, não existe. Presumindo-se, porém, como um povo de tino real, nada nunca chegará aos cheiroso pés da francesada - para quem o grande elogio vem em forma de negação: algo ao estilo "até que você não falou besteira!...".

Abraço do Maltrapa

Sentilavras disse...

Hmm, e se dizem "c'est pas normal" quer dizer q é ou não é normal confundir a cabeça dos outros?